domingo, 8 de outubro de 2017

TERRA DE ALGUÉM


Imagem - Nature, Love and Art 


TERRA DE ALGUÉM


Ah, chove, chove, chuva miúda,
De mansinho vem dar vida
À beleza do outono,
Para que tenhamos ouro ano!

Ah, seca, seca, tempo de outra hora
De mansinho vai embora
Para que a fontes sejam fertilidade
À vida da humanidade!

Ah, chove, chove, chuva miúda
De mansinho vem dar um abraço 
À gente enamorada pelo paço
De uma vida fresquinha e amada.

Ah, seca, seca, tempo de má hora
De mansinho vai embora
Para que a floresta seja paisagem
Que dê vida à vida que é miragem!

Ah, chove, chove, chuva miúda
De mansinho entra pela estação
Que trazemos no coração
E devolve a paz à terra do nada!

Ah, seca, seca, tempo de ninguém 
De mansinho vai embora
Para gravarmos pelo troncos outro agora
E pela folha natura "Terra de Alguém".

© Ró Mar